NOSSA
HISTÓRIA

O Fantaspoa começou como um sonho de amigos em projetar seus filmes preferidos na tela grande para outros aficionados por cinema. No caminho, encontramos muitas pessoas também amantes da sétima arte, que abraçaram o evento conosco. 

NOSSO

HISTÓRICO.

Em 2005, um grupo de amigos do Clube de Cinema de Porto Alegre teve a ideia de promover um evento de cinema na capital gaúcha. Seria uma mostra inédita no país: tal qual os grandiosos festivais de Sitges (Espanha), Bruxelas (Bélgica) e Imagine (Holanda), dedicaria-se exclusivamente ao cinema fantástico (que engloba os gêneros fantasia, ficção-científica, horror e thriller).

Inicialmente exibindo apenas 12 longas-metragens, a primeira edição angariou considerável interesse do público, demonstrando uma aparente carência na oferta cinematográfica local. Sempre mantendo o seu foco curatorial, o festival foi sendo realizado de forma independente até sua sexta edição, a cada ano conquistando mais público e espaço na agenda cultural de Porto Alegre. Da sétima à décima quinta edição, o Fantaspoa recebeu patrocínios de empresas como Petrobras, Correios, Enerfín do Brasil, Banrisul e BRDE, o que possibilitou ao festival trazer ao Brasil um número muito maior de convidados, filmes, além de realizar muitas atividades paralelas e de formação.

Gradualmente, o Fantaspoa formou uma verdadeira comunidade internacional, e se tornou cada vez mais importante dentro do circuito de festivais de cinema. Por isso, hoje é o único representante sul-americano da Federação Méliès, que reúne os 25 mais importantes festivais de cinema fantástico do mundo - dentre eles, alguns que inspiraram a criação do Fantaspoa. Também, foi selecionado em 2018 pela revista MovieMaker como um dos 30 eventos de gênero mais importantes do mundo.

Existe uma meticulosa construção em torno do que o Fantaspoa representa para os cineastas, os interessados em cinema, os distribuidores, a cidade de Porto Alegre, e o Brasil. Ao mesmo tempo em que é uma janela para exibição das melhores obras de cinema fantástico criadas nos últimos anos - formando plateias e incentivando o pensamento crítico -, o festival trabalha constantemente na busca e compartilhamento de experiências profissionais - fomentando a indústria local - e destaca a capital gaúcha e o país em âmbito internacional, tornando-os referências no turismo cultural cinéfilo
.

ALGUNS

MOMENTOS.

O foco do Fantaspoa sempre foi curatorial: nos atemos em trazer ao Brasil uma programação de qualidade, rica e diversa, com o melhor da produção fílmica de gênero dos anos recentes, além de homenagear grandes personalidades por suas contribuições à sétima arte. Ao oferecer para o público a oportunidade de, num período de 18 dias, assistir a filmes recentes seguidos de debates com seus diretores/produtores; encontrar pessoalmente alguns de seus ídolos; participar de atividades de formação com profissionais experientes; confraternizar com amigos de festival; acreditamos que criamos uma comunidade que cresce a cada ano. Para nós e esses amigos que conhecemos nos últimos 15 anos, o Fantaspoa já é conhecido como "os melhores 18 dias do ano". Tanto é querido o festival que figura nas peles de mais de 100 pessoas de todo o mundo, eternizadas em tatuagens.

Pensando em maximizar a diversão nos dias de duração do evento, foi assim que o Fantaspoa trouxe a Porto Alegre personalidades famosas do cinema, como os lendários produtores Roger Corman e Lloyd Kaufman, os cultuados diretores Stuart Gordon, Bill Plympton, Luigi Cozzi, Ruggero Deodato, José Mojica Marins, Katt Shea, Lamberto Bava, Guilherme de Almeida Prado, entre muitos outros. O festival também deu espaço pela primeira vez no Brasil (muitas vezes até na América Latina) para obras de algumas das vozes mais talentosas da atualidade, como a dupla Justin Benson e Aaron Moorhead, Bertrand Mandico, Elizabeth E. Schuch, Konstantinos Koutsoliotas, Kapel Furman, Armando Fonseca, Raphael Borghi, Fernando Sanches, Tamae Garateguy, Jimena Monteoliva, Hernán e Gonzalo Quintana, Demian Rugna, Javier Diment, Nicanor Loreti, Santiago Fernández Calvete, Fabián Forte, Jason Lei Howden, Eli Craig, Felipe M. Guerra, para citar alguns.

Uma das palavras-chave de qualquer festival de gênero é comunidade. Nós confraternizamos juntos em prol do cinema e das artes, e fazemos verdadeiras amizades no caminho. Todos são bem-vindos! Venha fazer parte do Fantaspoa você também. E, por favor, não deixe esse projeto morrer, apoie nossa campanha de financiamento coletivo.

NA MÍDIA.

A cada edição, o Fantaspoa gera expressiva publicidade espontânea, demonstrando o interesse no evento, sua programação e suas atividades.

screenanarchy.png
Logo-ZH-nova_2014-3-1024x687.png
HSbanner-2.png

JUNTE-SE A NÓS!

Receba as últimas notícias e atualizações

Contato

E-MAIL